Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Regionalização do Turismo é pauta de encontro nacional
Início do conteúdo da página

Regionalização do Turismo é pauta de encontro nacional

Evento promovido pelo MTur segue até sexta-feira (23) revelando iniciativas voltadas ao desenvolvimento integrado do setor nas cinco regiões do Brasil

  • Publicado: Segunda, 26 de Novembro de 2018, 11h48
  • Última atualização em Segunda, 26 de Novembro de 2018, 11h48
  • Acessos: 78

 

Por André Martins

20.11.2018 encontroprt
Encontro reuniu representantes do Turismo de todo o Brasil. Foto: Nayara Oliveira/MTur

Começou nesta terça-feira (20), em Brasília, a 30ª Reunião Nacional dos Interlocutores Estaduais do Programa de Regionalização do Turismo (PRT), promovida pelo Ministério do Turismo. O evento, com programação até sexta-feira (23), tem como foco a gestão descentralizada e o intercâmbio de boas práticas e experiências de gestão regional no setor.

A pauta prioritária do evento inclui assuntos relacionados à atualização do Mapa do Turismo Brasileiro, à criação de Conselhos Municipais de Turismo, à formalização dos prestadores de serviços turísticos no Brasil e ao fortalecimento das Instâncias de Governança Regionais, entre outros.

Na abertura do encontro, o secretário executivo do MTur, Alberto Alves, apontou benefícios da união de esforços pelo turismo nacional. “Chegar à trigésima reunião deste grupo é um sinal de que estamos focados em fazer do Turismo um agente econômico decisivo para o crescimento do país. Neste momento, é muito oportuno trabalhar o papel de cada estado e o que o setor pode fazer pelo desenvolvimento do Brasil”, conclamou Alves.

Técnicos do MTur detalharam ações como o Prodetur + Turismo, que proporciona acesso a crédito por entes públicos e privados. O secretário nacional de Estruturação do Turismo do ministério, José Parente, defendeu a integração para ampliar o aproveitamento do potencial do país. “Vocês, interlocutores, são a essência da política nacional de turismo, setor que tende a ter um papel econômico crucial – a exemplo do que acontece em vários países, como Portugal”, comparou.

Os interlocutores do PRT também foram informados sobre avanços no Cadastur, o cadastro nacional de pessoas físicas e jurídicas que atuam no mercado turístico do país, e na fiscalização de prestadores de serviços do setor, além do funcionamento do Guia Turismo Acessível e de incentivos ao turismo de base local. Flávia Ribeiro, representante de Minas Gerais, comemorou o progresso nas políticas públicas de regionalização. “Nos últimos anos, o PRT trouxe profissionalismo ao Turismo, e a gente vem conseguindo levar isso para frente, aos municípios e estados”, destacou.

Até sexta-feira (23), serão expostos cases de Instâncias de Governança Regional formalizadas, a exemplo de grupos do Paraná, da Paraíba e de Santa Catarina. Construído a partir de oficinas participativas, o PRT, lançado em 2004, integra a política estratégica que baliza o desenvolvimento turístico do país e define diretrizes para orientar a sua implementação. As ações envolvem a estruturação de destinos, a qualificação profissional e a diversificação da oferta turística do Brasil.

Também participaram do primeiro dia do evento em Brasília o diretor do Departamento de Ordenamento do Turismo do MTur, Rogério Cóser; o coordenador-geral de Planejamento Territorial do Turismo do MTur, Eduardo Madeira; a coordenadora-geral de Mapeamento e Gestão Territorial do MTur, Ana Carla Moura; a coordenadora-geral de Turismo Responsável do MTur, Gabrielle Nunes; e a chefe da Unidade de Captação de Eventos da Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer do Distrito Federal, Nicole Facuri, entre outros gestores públicos.

ORIENTAÇÃO - Desde outubro deste ano, o MTur disponibiliza uma nova versão da cartilha que orienta a criação de Conselhos Municipais de Turismo, órgãos essenciais à política de regionalização na área. Os colegiados, formados por representantes eleitos dos setores público e privado e da sociedade civil, sugerem ações e assessoram a implementação de políticas voltadas à ampliação do ramo. CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A CARTILHA.

Edição: Vanessa Sampaio

registrado em:
Fim do conteúdo da página