Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Resultados

Publicado: Segunda, 29 de Maio de 2017, 14h14 | Última atualização em Terça, 19 de Abril de 2022, 13h54 | Acessos: 11558

Os resultados obtidos podem ser observados em www.mapa.turismo.gov.br e indicam para o Mapa do Turismo Brasileiro:

  • 57 municípios na Categoria A, que representa as capitais e os municípios com maior fluxo turístico, maior número estabelecimentos, empregos e arrecadação de impostos federais no setor de hospedagem;
  • 217 municípios na Categoria B;
  • 427 municípios na Categoria C;
  • 1476 municípios na Categoria D;
  • 394 municípios na Categoria E, que representa os municípios que zeraram as cinco variáveis

* (dados atualizados em 08-04-22).

Por que meu município mudou de categoria na atualização?

De acordo com a metodologia de análise de cluster, os municípios que possuem médias semelhantes – nas cinco variáveis analisadas – são reunidos em uma mesma categoria. Todos os 5.570 municípios brasileiros foram analisados e por esse motivo os valores médios das categorias mudaram na última atualização, fazendo com que alguns municípios fossem “puxados” para cima ou para baixo na avaliação.

Ressalta-se que todas as capitais estão na Categoria A e que os municípios que possuem 0 (zero) nas cinco variáveis são agrupados na Categoria “E”. Portanto, o município categorizado como “E” que queira alterar sua categoria para “D” deve trabalhar para formalizar seus meios de hospedagem e incrementar o fluxo de turistas em sua localidade, para que seus dados não apareçam zerados nas pesquisas utilizadas pela Categorização e tenha sua categoria atualizada para “D”.

Para os demais grupos de municípios que desejam mudar de categoria deve haver um esforço maior para que ele se enquadre nos valores médios de cada agrupamento conforme quadro abaixo:

 

* (dados atualizados em 08-04-22).

Vale ressaltar que a categorização é um processo dinâmico e perene que, assim como o Mapa do Turismo Brasileiro, é atualizado e aperfeiçoado periodicamente. O MTur entende que, como qualquer metodologia, a categorização é passível de críticas e de aperfeiçoamentos, que virão com o tempo, com as contribuições de todos, inclusive no sentido de melhorar os dados hoje disponíveis nacionalmente.

Acesse os dados da Categorização 2019:

registrado em:
Fim do conteúdo da página